quinta-feira, 16 de agosto de 2012

A Menina na Janela







Joey estava brincando de gostosuras ou travessuras com seus amigos no Dia das Bruxas, ele estava indo de porta em porta nas casas de sua rua, então ele uma casa muito decorada, e linda com parafernálias de Dia das Bruxas. Ele ficou muito empolgado, pois as casas mais decoradas geralmente davam mais doces. Ele e todos os seus amigos se dirigiram para a casa, Na casa havia um jardim longo, com um caminha de pedras que levava até a escada para a porta da frente, o caminho estava decorado com esqueletos, aboboras, e morcegos. No final do caminho de pedras ele notou que a casa não era uma casa bonita, nem bem cuidada, tirando sua decoração e luzes. Era uma casa assustadora. Ele se lembrou de que havia muitos boatos sobre essa casa. Seus amigos continuaram á caminhar, sem ligar muito para a aparência mórbida do local.





Foi quando um dos garotos apontou para uma menina na janela com teias de aranha ao redor. A jovem estava tinha um cabelo negro como a noite, e nele uma fita rosa. Ela parecia ter cerca de 10 anos, mesmo assim eles ainda estavam se cagando de medo. Um dos meninos, James caminhou mesmo assim em direção á porta acinzentada e podre da casa, e Joey ousou segui-lo até lá. Ele se recusou a gritar “travessuras ou gostosuras”, pois disse estar com muito medo. James o chama de frangote e Joey, não querendo ser um covarde, gritar.

Antes de gritar, ele olha para a menina na janela. Ela estava o olhando e no momento que ele pisca, a menina desaparece. Ela reaparece no vidro ao lado da porta, seus olhos são negros. Totalmente pretos.

* Ding dong * James e Joey tocam a campainha.

"Hey Joey, há um rumor sobre esta casa que, se você for o garoto de numero 100 á tocar a campainha para ganhar doces, a menina na janela irá assombrá-lo todos os seus Halloweens", diz James dando uma risada marota.

"Isso é idiotice, não é? Você está apenas tentando me assustar?", disse Joey.
"Não é idiotice, você que é um grande idiota".diz James.


Um senhor, muito velho mesmo e enrugado, atende á porta, com um sorriso sem dentes.
"Ah, meninos, meninos, pequeninos. Aqui esta seus doces, não é muito, mas vai acalmar seus estômagos jovens", disse o velho.

"Obrigado!", os dois disseram junto, enquanto os outros garotos se escondiam atrás de um arbusto.

Quando os dois meninos olham para a janela e seus amigos também, ela esta lá olhando fixamente para Joey, agora com um sorriso bem leve se elevando dos cantos de sua boca.
O velhinho então procura para onde eles estão olhando, e ao ver que é para a janela, ele dá um suspiro, e dá boa noite aos garotos, entra e tranca a porta.


Joey então vai para casa, chega em casa meio cabisbaixo pensando no que James lhe contou. Sua mãe lhe perguntou o que é errado, mas ele responde que não é nada. “Eu estou bem mãe”, diz Joey, enquanto ele corre para seu quarto. Ele olha pela janela para ver as crianças ainda brincando de travessura ou gostosura. Ele entra em seu quarto e olha para a esquerda, para á direita e vai até a janela, que tem sua vista para á rua, ele vê a menina que estava antes na janela do velho caminhando para sua casa.

Ele esfrega os olhos, para ver se está vendo as coisas, ele entra em desespero...
“Isso não pode estar acontecendo!! isso não pode estar acontecendo!! Eu apenas devo estar tendo alucinações, por causa dos doces daquele velho maldito!!".

"Joey!". Sua mãe chama.
"Sim, mãe?". Ele respondeu.
"Você pode vir aqui um minuto?".
"Estou indo!". 
Quando ele desce as escadas. Sua mãe pergunta: "Joey, por que é que todo esse doce está jogado no chão?".
"Mãe, não posso limpar agora... estou ocupado, vou limpá-lo mais tarde!", ele disse e corre para seu quarto.
"Ocupado com o quê?". Sua mãe grita.
"Alguma coisa!", ele responde.


Quando ele caminha para dentro do seu quarto. Ele vê a menina no canto de seu quarto, e um bilhete em cima de sua escrivaninha...

Ficarei aqui até você entregar doces para a 100º criança”.


3 comentários:

  1. Pelo visto você fez mais uma boa seleção de creepys. No entanto ainda acho que você deveria começar a tentar escrever os seus, se você tem tato para achar boas histórias, vai ter também para fazer as suas.

    Aliás, tenho uma proposta a fazer, melhor, um pedido. Eu faço trabalho voluntário em uma ONG, dando instruç... digo aulas de leitura e interpretação de texto, para guris de 12 a 14 anos (que acham que ler é a tortura mais desumana que existe).

    Essa semana eu estou pedindo para os meus amigos escritores fazerem cada um um conto para essa faixa etária, dentro da sua gama de experiência. Bom, só acompanho seu blog e só te conheço por aqui, mas acho que seria um boa você também escrever um conto para eu usar nessa aula especial.

    Não há necessidade de se ater à um gênero, porém como já tenho escritores produzindo contos de ficção científica e um fazendo de fantasia medieval, creio que um moderado conto de horror cairia bem (tá certo que o fato deles terem que ler alguma coisa já é creepy demais para eles!)

    Espero que você aceite a proposta. Boa sorte também com futuros contos que você venha a escrever.

    (E dê um jeito de, na próxima enquete sobre medos, colocar "aranhas"... bicho asqueroso. Vou votar em "maldições", porque é o que resume o que penso dessa praga!)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Moller ^-^, bom eu aceito fazer um creepy pra você, que deve ficar leve já que é para pré adolescentes, mas não prometo que vai ficar otimamente boa, já que sou péssima em gramatica U.U, mais até ai...
      Bom sobre as aranhas, na próxima enquete vou colocar sim
      ^-^, é que quando se começa uma enquete não dá para adicionar elementos nem nada... mas pô deixar beijin...Clp

      Excluir
    2. Obrigado! Quanto a gramática, não se preocupe. É sempre bom um autor estar atento à gramática e tal, mas desde que isso não dê muita dor de cabeça e atrapalhe sua criação. É para isso que servem os revisores...

      Quanto a enquete, eu vivo me confundindo, no facobook dá para adicionar, no blog não, tem fórum que dá...

      PS.: Só agora que eu notei, parece que minha irmã logou no google aqui e deixou... e eu fiz um comentário no post dos gifs como ela.

      Excluir